Como você reage a um elogio?

É engraçado, costumamos nos incomodar tanto com as críticas e quando vem um elogio acabamos minizando-o.

Você já percebeu se defendendo de algum elogio?

Tipo, alguém lhe atribui um valor e você o relativiza, justifica de modo a diminuí-lo.

Se sim, sinto-lhe dizer, mas a sua autoestima não vai muito bem.

Ou você se acostumou com uma falsa modéstia, que também não é nada legal.

E agora, o que fazer com isso?

Se permita fazer uma autoanálise honesta, percebendo o que está em dia em você e o que, de fato, precisa ser melhorado.

Depois disso, por que não aceitar e demonstrar satisfação quando alguém reconhecer as suas competências, virtudes ou atrativos. E, se tratando de algo que você não concorde, não se apresse em desconstruir. Se não for um bajulador, talvez esteja sendo coerente e você ande muito exigente consigo mesma(o).

Seja sua(eu) amiga(o) e não sua(eu) inimiga(o), e será muito mais feliz! ❤

Vocês querem mesmo a minha opinião?

Hoje eu me fiz essa pergunta, após um assunto polêmico ter surgido num grupo de Whatsapp, composto por amigas das antigas.

Em seguida me vieram outros questionamentos, além de:

Será que elas querem mesmo ouvir a minha opinião.

Será que elas estão preparadas para me verem.

Será que elas vão acolher quem eu sou hoje.

Pois a minha opinião é contrária, mudou. E pra elas compreenderem o que estarei dizendo, precisarão colocar de lado o entendimento que têm.

Será que elas vão conseguir.

Será que elas estão dispostas.

Será que eu também quero me expor de tal forma.

Ai, cansei! Como é enfadonho ter que pensar tanto para se relacionar.

Como seria bom se pudéssemos ser, sem pedir licença.

E as nossas diferenças não provocassem tanta estranheza.

Nós nos manteríamos mais próximos, com certeza!